sexta-feira, 24 de setembro de 2021

Olá!

Durante a pandemia saímos uma vez para buscar vinho.

Depois de ficar tanto tempo em casa resolvemos passar cinco dias na praia. Foi muito prazeroso, apesar do tempo com ventos fortes.

Conhecemos várias praias e dois Shopping, o Romana e o Floripa!

Ficamos na praia dos Ingleses, praia mesmo nadinha, estamos na entrada da Primavera mas com clima de inverno.

Conhecemos as praias:

Costão do Santinho, Campeche, Praia Brava, Daniele, 

Ponta das Canas, Canasvieiras, e Jurerê .

Eu sempre voltada para a Natureza verde,  do que para  o mar.

Segue fotos do Hotel e praia!










Banho só com água quente...kkkk
 Próxima postagem mostrarei mais.
Fiquem todos bem, e continuem se cuidando .
Já chego no cantinho de vocês.


Abraços!

 

quarta-feira, 15 de setembro de 2021

Casa do mato!

Demorei mas cheguei, essas semanas foram um pouco
 tensas aqui, muitas chuvas.

Passei um tempo  sendo enfermeira do maridão que passou por cirurgia e demorou para se recuperar.

Agora tudo em ordem, sairemos para dar um passeio,  colocar os pés na água salgada, estamos precisando de energias boas kkkkk

Nosso cantinho está  ficando verdinho de novo, depois de um inverno longo.

(Não gosto de frio!)




Fruto do sábia em flor


Amoreira em flor

Chifre de veado


Babiana



Flores da laranjeira


Jaboticaba


E um céu maravilhoso!


Abraços!


quarta-feira, 25 de agosto de 2021

Queridos amigos!

Aqui estamos devagar, a esperar que tudo passe...e assim vamos ao longe.

Não temos muitas necessidades de sair, os filhos nos visitam. 

(Mas a vontade de viajar é grande kkkk)

Marido se recuperando de cirurgia, confinados  e Deus cuidando de nós.

O frio foi intenso,  as flores dando sinal de  que a primavera será boa e bem vinda. 

Estamos descomplicando, insistindo e persistindo.

Dias melhores virão.

Meus netos se vacinaram essa semana.

Gratidão sempre, a família, aos amigos e a vida!








Abraços com carinho!


terça-feira, 10 de agosto de 2021

Dia muito frio e chuva!

Neblina! 





Estranho é caminhar na densa névoa:

Solitária está cada planta ou pedra,
Nenhum arbusto enxerga o seu vizinho,
Cada um está só.
Cheio de amigos era, para mim, o mundo
Quando luminosa ‘inda era minha vida;
Agora que a névoa caiu,
Ninguém mais é visível.

Não é deveras um sábio
Quem não conhece a escuridão
Que, suavemente, nos separa
De tudo inexorável.

Estranho é caminhar na densa névoa:
Viver é estar solitário
Entre gente que se ignora.
Todos estamos sós!

(Hermann Hesse)




sexta-feira, 6 de agosto de 2021

Paciência!

 Queridos amigos!

 Os dias por aqui estão mais leves, depois de tantas noticias nos bombardeando,

 Covid,  mortes, perdas de amigos e parentes...e o País de mal a pior!

Precisamos de uma trégua!

Fechei os ouvidos e olhos por um tempo ....não quero mais saber de tantas notícias ruins.

Trabalhando um pouco o modo de pensar, arrumando a terra para a chegada da primavera.

Trabalhando mais minha espiritualidade, fazendo trabalhos que me agradam e doando de coração.

Dois anos sem viajar, estamos nos programando para Setembro, isso se a terceira onda não chegar, 

Ouvi hoje....

E aqui no mato as coisas vão  andando devagar, muito frio e vento.

Aproveito para fazer minhas geleias e crochetar.

Marido voltou a dar algumas aulas,  mais para preencher o tempo, e porque ama aviões!

Agradecendo todos as pessoas que vem no meu blog,  apesar de postar muito pouco.

São todos especiais para mim.

Porque na vida só temos duas escolhas, esperar ou fazer acontecer!








"Adote o ritmo da natureza , seu segredo é a paciência"



Abraços



sábado, 17 de julho de 2021

Aproveitando o tempo!

Olá amigos!
Esse ano o inverno não está sendo como esperávamos.
Nessa época sempre tinha  geada,
 está mais descontrolado 
mistura dias bem quentes
 com outros bem frios.
Escurece cedo.
 Momentos com poucas horas do dia...
Muitas coisas a fazer.
Estou ficando muito no mato
nessa  Pandemia,  e estou adorando!
Fazendo doces, bolos e geleia das frutas da época.
Crochetando muitos  pés quentes para doação.
Quando vou ao apartamento por uns dois ou três dias, ando estranhando os barulhos da Cidade kkk

E assim estou virando?






Renda-se, como eu me rendi.
Mergulhe no que você não conhece como eu  mergulhei.
Não se preocupe em entender,
Viver ultrapassa qualquer entendimento.

((Clarice Lispector)


Abraços com carinho!

domingo, 27 de junho de 2021

Ficando em casa!

 Olá amigos!

Hoje é um daqueles dias em que me sinto
um pássaro engaiolado
Queima dentro de mim uma urgência de viver
Um sentimento de tempo passando
experiências desperdiçadas, vida não vivida
E eu, espectadora da vida
Olhando pela janela
Hoje é um daqueles dias em que o mundo parece pequeno
Mas ainda me falta a coragem de domá-lo
A casca está se partindo
Os sons da vida enchem o ambiente
Mas a segurança do ninho ainda me prende
Hoje é um daqueles dias em que gostaria de
fugir de mim
De não ser tão resolvida, liberada, forte
Queria não ter que decidir, resolver, pagar
Queria de volta meus sonhos de menina.

 

Espero que todos estejam bem.
Abraços!


 


sexta-feira, 18 de junho de 2021

terça-feira, 1 de junho de 2021

Galpão!

Queridos amigos! 

Demorei a postar, não é falta de tempo , mas sim de inspiração. Quando fiz minha casa de mato,  pensei que ia ser um refúgio de finais de semana.  Aí veio a Covid... e agora é permanente.  Difícil está  sair daqui.  E com o frio  ficamos no galpão que é bem ensolarado, e é lá que passamos a maior parte do dia.  Na verdade aqui no Sul toda área de churrasqueira vira Galpão kkkk    

Foram muitas reuniões e festas.













"Trago o destino do vento invisível...
Mas sentido, que quando enfurecido
vira o mundo do avesso
Mas calmo... me permaneço
Que nem chumbo derretido"
(Ataliba de Lima)

Hoje quase solidão!

Abraços|!