sexta-feira, 15 de outubro de 2021

No mato.


Um pé no mato outro na cidade, assim está meus dias .

Mato que já não é tão mato, primeiro veio os postes

 de energia nas ruas e

tudo ficou muito claro,  já não se vê as estrelas tão bem.

Foi tudo cercado e virou condomínio fechado.

E junto muitas regras, perdeu-se um pouco a liberdade.

Descobriram o pedacinho do paraíso e  

casas começaram a ser construídas.

A prefeitura botou olho grande e taxou

 somente esse pedaço como zona urbana,

 e os impostos  foram nas alturas.

Muitos moradores antigos indo embora, e novas pessoas chegando.


"O importante  é que abro a janela

 sinto o cheiro do mato

a brisa do vento 

o aroma das flores e

 o cantar dos pássaros "














Escolhi o último andar.
 E assim vamos tocando a vida porque ela é uma benção!



Abraços!




 

 

21 comentários:


  1. Nasci numa modesta casinha no campo, tendo nela vivido até aos 11 anos, com meus pais e 4 irmãos. Com essa idade, sozinho, parti para a cidade de Lisboa. Sim tive muitas saudades da família e do campo. Mas na cidade me fiz homem. Aprendi profissão. Continuando a gostar muito, muito, muito do campo. Para viver sempre? Não. Andar uns dias por lá exalando o perfuma do mato? SIM.
    Elogio o seu bom gosto musical

    .
    Tenha um fim de semana de Saúde, Paz e Amor.
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  2. Que bom estás agora entre cidade e mato. Andar alto é muito bom,adoro! Faz pouco te mudaste?
    E teu mato é lindo e por isso a ganância fazendo subir impostos, taxas, etc. Pena, né?
    Mas sempre será teu cantinho especial, um refúgio bem cuidado e construído! Pena pelos viinhoa antigos que estão indo embora.Tomara os novos sejam legais e que as regras não atrapalhem a liberdade de todos!

    beijos, lindo fds! chica e adorei as fotos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lena,Vim avisar que acaba de entrar lá tua foto! Obrigadão! Podes ver aqui:

      https://fincandoraizes.blogspot.com/2021/10/sera.html

      beijos, chica

      Excluir
  3. Historia de vida...Uns da cidade para o campo outros do campo para a cidade...Mas sempre "nossa casa, nossa brasa".
    Bjs e bom fim de semana !
    Anna

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Lena. Por mais que eu seja nascido e criado numa grande metrópole, sempre gostei das roças e dos lugares pequenos. Parabéns pelas fotos.

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde de sábado, querida amiga Lena!
    Interessante como o progresso atrapalha, muitas vezes, a paz oriunda do local.
    Nas terras do padrinho e primos, estão colocando a internet para atrapalhar o sossego do lugar, a conversa olho no olho e o diálogo entre as famílias.
    Mas, é preciso, pois o mundo não vive mais sem ela, é pena!
    Lindo seu lugar, tanto o do campo como o da cidade de pedra.
    Mostra serenidade seu post. Bonitos dizeres que amei ler agora no meu descanso sabático.
    Tenha um final de semana abençoado!
    Beijinhos com carinho de gratidão e estima
    😘🕊️💙

    ResponderExcluir
  6. Hi Lena,
    I grew up in the city and now live in the rural area. I love it! Nice photos and have a wonderful day.

    ResponderExcluir
  7. Oi Lena,
    Eu cresci na cidade e agora vivo na zona rural. Eu adoro! Belas fotos e tenha um dia maravilhoso.

    ResponderExcluir
  8. Ei Lena,

    Ter um canto no mato para refazer as energias é uma bênção!

    Muito bonitas as suas fotos. E o seu prédio também, uma graça!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Que bom, que consegue conservar um pouco do melhor dos dois mundos, Lena!
    Adorei por demais as imagens, e a escolha musical, que tanto nos revela a paixão que é viver-se no campo, com todas as suas vantagens!
    E no último andar... sempre se respira melhor, e com uma vista mais desafogada, até parece que se fica com uma alma nova... acho que fez uma excelente escolha, Lena!
    Deixo um beijinho e votos de uma feliz semana, com tudo a correr pelo melhor por aí... seja no campo ou na cidade!...
    Tudo de bom!
    Ana

    ResponderExcluir
  10. Eu menino do mato das Gerais, fico triste em ver os matos desaparecendo, perdendo o cheiro de terra molhada Lena. A ganancia e usura andam a cavalo e a galope amiga. O seu cantinho sempre me inspirou a relembrar o meu torrão num interior.
    O progresso vem e tudo vai rodando aos poucos.
    Hoje num destes arranha-céus olho em volta o cimento e aço e sinto saudades de tudo.
    Um abração e boa semana.
    Cuide-se.

    ResponderExcluir
  11. O progresso vai deixando suas marcas por todo lado e traz consigo, impostos caríssimos... que lugar gostoso e fizeste bem, em morar no andar mais alto, garante sempre uma bela vista.
    Beijinhos
    Valéria

    ResponderExcluir
  12. Oi Chica não poder ver as estrelas é muito chato, aqui dificilmente eu vejo, esse negocio de zona urbana é outra coisa chata, pois se mantemos arvores no quintal deveríamos receber isenção de taxas e impostos.
    Amei as fotos, lindas, obrigada pela informação sobre a planta.
    Beijos,Vi

    ResponderExcluir
  13. Olá Lenalima,
    Imagino que tenha uma vista bonita!
    Estar entre o mato e a cidade tem vantagens, quando estiver cansada da cidade para para a natureza tranquila respirar ar puro.
    Gostei das fotos!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  14. Eita, nem tudo pode ser perfeito!
    A vida é um eterno adaptar-se! Parece que ninguém pode ver a gente feliz!
    Mas, com Deus, tudo se vence! Que Ele continue abençoando o seu pedacinho de céu!
    Grande abraço e ótimo final de semana!
    http://dedeartes-denise.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oi, querida Lena!

    Pois é, quando a "civilização" avança ou retrocede, não sei, deixamos de ter natureza pura e os paraísos se tornam bem mais movimentados.
    As fotos estão fantásticas e têm ainda jeito de mato. Continue respirando esses ares.
    Gostei do vídeo que não conhecia.

    Beijos, paz e bem.

    ResponderExcluir
  16. Essas mudanças por vezes muito nos magoam!
    Dias felizes!
    Um beijinho no seu coração!
    Megy Maia🍁😊🍂

    ResponderExcluir

DEIXE SEU RECADINHO, FICAREI MUITO FELIZ!!!